A Chef Ariani Malouf

A técnica veio da Cordon Bleu, uma renomada escola francesa por onde já passaram os melhores chefs do mundo.

A experiência foi colecionada em estágios na França, Itália e Alemanha, onde aprendeu com profissionais de casas estreladas pelo Guia Michelin.

A vocação encontrou em casa. Filha da uma banqueteira Leila Malouf com raízes libanesas, aprendeu, desde cedo, que uma mesa farta é motivo de encontro e partilha e uma oportunidade para saborear o diferente. 

Experimentar, sempre foi um tempero importante para Ariani Malouf que, depois de voltar para Cuiabá, entendeu que era hora de criar suas próprias receitas e memórias.

Decidiu então que, além de assinar o menu dos eventos mais elegantes de Cuiabá, no buffet que leva o nome de sua mãe, Leila Malouf, era hora também de dar as boas-vindas a um sonho antigo: ter o seu próprio restaurante. Nasceu, então, o Mahalo em 2006 e, junto, com ele, inúmeras possibilidades.